quinta-feira, 31 de março de 2011

A felicidade quer você AGORA.

O calor era infernal, todos os possíveis cantos da cama já haviam sido percorridos, mas nenhum era agradável suficiente. As pálpebras permaneciam fechadas, mas o olhos atentavam ao vermelho por trás da pele, e a agonia era complementada por indícios de asía causados pela insônia, nada estava certo, tudo parecia perturbador quando finalmente os olhos abriram e para a sua infelicidade o relógio marcava exatas 4:03 da manhã, nada mais insuportável poderia acontecer a Calvin nesse exato dia.

Durante 10 minutos as falidas tentativas de voltar ao sono ainda foram executadas, mas em vão, a pequena Shitsu preta e branca, Jade, já lhe olhava com cara de confusão. Como toda boa idéia sempre surge em um estalo, Calvin se levantou, apanhou cueca, bermuda e camisa, vestiu as peças em fração de segundos, penteou os cabelos e calçou um par de sandálias, pôs a coleira em Jade e apanhou a chave do carro. Dirigiu até a praia mais próxima, o dia ainda estava escuro e o mar se encontrava negro, Calvin desceu do carro e caminhou até a areia onde se sentou. Tudo parecia mais leve, mais tranqüilo e a brisa raspava seu corpo da forma mais gentil possível. Naquele momento todo o estresse da noite fora embora e deixara espaço à calmaria e a tranqüilidade do céu estrelado.

Não demorou muito à Calvin refletir sobre aquilo, mas ele preferiu deixar a reflexão de lado e apenas sentir a felicidade, pois felicidade é um sentimento momentâneo, se você consegue compreende-lo é porque já não se trata mais de felicidade e sim de lembrança. Mas independente de você estar acompanhado dela nesse momento ou não, ela virá, não importa o tamanho do problema ou a demasia da solidão, a felicidade te aguarda pronta pra arrancar aquele sorriso maravilhoso de seu rosto.

Calvin sorriu, um sorriso largo, sem cantos, daqueles que mostram as covas na bochecha, aqueles que franzem a testa, revelam as rugas, mas trazem a tona um brilho fascinante ao olhar, um lágrima escorreu por seus olhos, passou ao lado do nariz e posou em sua boca, trasbordando-a com seu gosto salgado que naquele instante tornou-se o melhor gosto do mundo. Por fim um sentimento de gratidão.

Grato por tudo que ele tem na vida, seus amigos que tanto o amam, seu familiares dos quais te enchem de orgulho, mas muito mais, grato à vida, por ser tão generosa e nos permitir momentos inesquecíveis, mesmo que os quais não durem para sempre, mas conviver com eles em memória é um fado maravilhoso que se tem a carregar. Todos os dias pela manha as pessoas acordam e nem ao menos percebem o bem que estar sendo lhe dado, mais um dia, mais algumas preciosas horas para viver, mas o que você faz com isso? Deixa o tempo passar, prefere guardar sentimentos e problemas à expor e tentar ser feliz... não tente ser feliz, seja feliz agora, agradeça pelo dia que você teve, pois tempo é a coisa mais preciosa que temos... Quer ter certeza? Pergunte a um estudante que perdeu no vestibular o valor que tem um ano, pergunte a uma mãe que teve o filho prematuro o valor de um mês, pergunte a um editor de revista o valor de uma semana, a um pedreiro que ganha por dia e tem 4 filhos pra criar o valor de um dia, o valor de uma hora para quem espera por um namorado ou namorada, de um minuto a quem perdeu o avião ou de um segundo para quem acabou de escapar de um acidente. Aproveite cada segundo, não deixe pra depois.

Então olhe a sua volta e veja quantas pessoas que te querem bem, se não são muitas olhe a intensidade das poucas, se você acha que não há ninguém, você está enganado, há alguém muito superior a todos nós que nos ama mais que tudo, ele te acompanha em todos os lugares e nunca vai te deixar só. A vida é tão linda pra se abster de fazer o bem devido ao mal, faça o bem, viva bem e seja o bem, não deixe que nada te abale, diga “eu te amo” à pessoas que você ama, nunca será demais. Os bons são maioria.

O sol já havia nascido e o barulho dos carros cruzando as ruas já podia ser ouvido, Jade, que cansara de brincar correndo atrás de um siri, agora repousava a cabeça ao colo de Calvin. Ele dirigiu de volta pra casa, tomou banho e hoje deixou de lado o terno e a gravata, vestiu uma camiseta branca com um jeans surrado, tirou da gaveta os óculos Rayban no estilo aviador e seguiu à agencia publicitária para mais um dia de trabalho, nem o trânsito ou o calor te incomodaram, tudo estava exatamente agradável hoje. Logo no estacionamento encontrou Ricardo, seu amigo e sócio na companhia, um rapaz alto, de cabelos negros penteados com cera, sua pele era bem branca e seu rosto muito bonito.

- Bom dia. – Disse Ricardo.

- Maravilhoso dia... – respondeu Calvin.

- Parece que alguém acordou de bom humor hoje! – Ricardo exclamou em um tom pouco animado.

- Ao contrário de outras pessoas que parecem estar mais carrancudas do que nunca – Calvin disse em tom brincalhão, quebrando o gelo da manhã.

Por todo o elevador Ricardo falou sobre os problemas que o assolavam, Calvin os ouviu e apenas confirmava com a cabeça, desembarcam em seu andar, quando Calvin fez a sutil pergunta:

- Ricardo, hoje fez sol ou está nublado?

O rapaz pareceu um pouco confuso, mas logo entendeu o que o amigo quis dizer, olhou pela janela e viu o sol lindo que fazia, daí se deu conta do quanto deixou as complicações afetar o seu dia e que nem ao menos notou que dia maravilhoso a vida o presenteou.

2 comentários:

Evelyn Sobral disse...

não deixe nada pra depois, não deixe o tempo passar, não deixe nada pra semana que vem, porque semana que vem pode nem chegar ... (8) a partir do momento que li " Aproveite cada segundo, não deixe pra depois. " mas uma vez me veio uma súbita vontade de chorar, relembrando todas as cooisas que ja se passaram que permancem e que eu quero que permaneçam.E como eu sou feliz por ter comigo pessoas importantes, como você. Sempre momento de nostalgia, de reflexão, escreva mais vezes. isso me faz muito bem. obrigada amor, dormirei bem hoje. te amo

Maiara disse...

Bonita mensagem passada nesse teu texto. Remete reflexões sobre as coisas com as quais andamos nos preocupando.
Ah, e o sol sempre está lá, mesmo que a chuva caia tempestuosa, o sol permanece.

Voltarei mais vezes também.

Postar um comentário